Author: Marcos Lula

Memória Viva

O desafio de integrar o tema da Casa Cor 2018, “Casa Viva”, ao ambiente “Banheiro Público” reside em transformar o conceito de um local cujo uso normalmente é atrelado à mera funcionalidade e à imagem e auto-cuidado das pessoas que o utilizam, em algo que desperte sentimentos, memórias e sensações....

Continue Reading

The Edge Effect, Daniel Kukla

As fotografias têm ganhado grande espaço na composição de ambientes. Elas devem ser cuidadosamente escolhidas, compondo e acrescentando conceitos de acordo com a intenção do cliente e do arquiteto. Por isso é importante, além de apreciarmos o aspecto visual, nos aprofundarmos nas intenções e técnicas do fotógrafo. Por meio dessa pesquisa é possível traçar características que ajudam na escolha da fotografia certa para um dado ambiente. Temos casos muito específicos, como Daniel Kukla, fotógrafo que usa elementos biológicos para se expressar.   Nativo de Indianápolis, reside atualmente no Brooklyn, NY. Além de fotógrafo, ele também tem um vasto conhecimento sobre ciências biológicas e antropológicas, e, em consequência, tem como resultado do seu trabalho a união dessas duas vertentes. Kukla se define: “como uma investigação calculada, meus projetos testemunham questões sociais, políticas e ecológicas importantes; seguindo a linha entre o belo e o bizarro, e mantendo a precisão e a experimentação do ponto...

Continue Reading

Talent Club – Hunter Douglas

Hunter Douglas: “Para o quarto da criança, os proprietários pediram que o cômodo fosse sutil e delicado. Por isso, o arquiteto Marcos Lula optou pela cortina Duette, que cedeu ao ambiente mais espaço que uma cortina de tecido e contribuiu para a leveza e a delicadeza desejadas.” Hunter Douglas: “Para este quarto de hóspedes, o arquiteto Marcos Lula buscou criar um ambiente que se tornasse inesquecível, mesmo com pouco espaço. A cortina Duette foi escolhida para contribuir com o design sutil e leve deste quarto que, devido ao seu tamanho, não poderia ter muitos elementos.”  ...

Continue Reading

O Mundo Natural de Arran Gregory

O que seriam dos arquitetos sem os artistas? Os edifícios não são feitos apenas de razões técnicas. Peças como o “Mind-frame”, do artista Arran Gregory, somam na concepção de um espaço com identidade e expressão. Londrino, Gregory trabalha com “a relação do homem com a natureza e as emoções que provoca dentro de nós como seres humanos”. A resposta do seu trabalho, muitas vezes, tem-se dado através de esculturas geométricas e representações do mundo natural, através de formas e também de impressões gráficas com formatações inusitadas, além da habilidade na maneira como ele trabalha a cor, ou a falta dela. Graduado em Design Gráfico pela Art Foundation at Chelsea College of Art & Design, 2009, em Londres, desenvolveu seu processo de concepção próprio. Sua última peça, “Bear Mirror”, teve seu desenvolvimento primário concebido em 2D, e abriu portas para a exploração de diferentes maneiras para execução de esculturas. Aclamado por...

Continue Reading

O Diálogo de Abigail Reynolds com o Tempo

Proveniente da pequena cidade de Cornwall, a artista Abigail Reynolds, usa fragmentos de livros e fotografias antigas para criar suas obras, de modo que elas ganhem uma nova narrativa. Através do processo de dobradura e colagem, Abigail Reynolds cria um diálogo aberto com o tempo, une o novo e o velho, resultando em uma estética única. Veja mais trabalhos assinados por Reynolds no link: www.abigailreynolds.com ...

Continue Reading